Sábado, 16 de Dezembro de 2006

...

pensando bem, não há principio para as coisas e para as pessoas, tudo o que um dia começou tinha começado antes, estas historias por exemplo, para ser verdadeira e completa, teria de ir remontando até aos princípios do mundo, de propósito se usou o plural em vez do singular, e ainda assim duvidemos, que esses princípios princípios não foram, somente pontas de passagem, rampas de escorregamento, pobre cabeça a nossa, sujeita a tais puxões, admirável cabeça, que apesar de tudo, que por todas as razões é capaz de enlouquecer, menos por essa.

tags: , ,
PensarCusta às 00:13
Link | sobre isto tenho a dizer que

©

-

-

Apresentação

Explico-me

manifesto

pesquisar custa

 

Pensar Passado

How i feel:

Friendster




Site Meter
Add to Google