Sábado, 20 de Janeiro de 2007

...

 

Há muita coisa que não te contei. Pequenos segredos que camuflam sentires, todos temos. O que é certo é que no meio deste meu latejar de pensamentos, nenhum é para ti. Entrego-te as palavras por pronunciar, como penhor de um afecto que não me habita a alma. Porque o meu corpo jaz, na nudez de um árido sentir, no qual queres em vão encontrar morada

tags:
PensarCusta às 21:52
Link | sobre isto tenho a dizer que

©

-

-

Apresentação

Explico-me

manifesto

pesquisar custa

 

Pensar Passado

How i feel:

Friendster




Site Meter
Add to Google